Compartilhar

Como fazer um almoço saudável: 6 dicas para não errar — com sobremesa!

Chega de dúvidas na hora de montar o prato: nós te damos as melhores dicas para um almoço saudável e com direito a sobremesa. Confira!

Imagine que você chega a um self-service. Você está decidido a montar um almoço saudável e começa por optar por alimentos considerados mais saudáveis: legumes, folhas e grãos integrais. Mas, uma hora ou outra, acaba por optar por uma fritura ou um alimento bem gorduroso. Além de não saber ao certo a quantidade e os alimentos ideais para você. Esse é um cenário comum? Fica tranquilo! Neste passo a passo, você vai conferir as principais dicas para obter os melhores nutrientes e resistir às tentações.  A primeira coisa que é preciso ter em mente é que alimentação saudável não é sinônimo de um prato só de folhas. Além dos vegetais, seu prato deve conter proteínas e carboidratos — nada de dispensá-los, viu? — que são essenciais para uma alimentação equilibrada! Não sabe como fazer isso? Então, dá uma olhada no guia que nós preparamos!

Confira 6 dicas essenciais para um prato saudável!

1) Aprenda quais são os tipos de alimentos Existem três grupos de alimentos que não podem faltar no seu prato de almoço: reguladores, energéticos e construtores. Os alimentos reguladores são as principais fontes de vitaminas, minerais e fibras, sendo responsáveis por regular o bom funcionamento do organismo. São eles: legumes, verduras e frutas. Os alimentos energéticos são os carboidratos, já os alimentos construtores são as proteínas.     

ff

Foto: Divulgação

2) Divida o prato  Não é TOC, mas dividir o prato na hora de montar o seu prato saudável é a melhor forma de não exagerar nas porções e consumir tudo na medida certa. Funciona assim: divida o prato mentalmente em quatro partes. Duas delas (metade do prato) devem ser preenchidas por alimentos reguladores. Em uma ficam os energéticos e na última parte, os alimentos construtores.

3) Pode carboidrato? Com certeza você já ouviu que quem está de dieta tem que cortar os carboidratos. Pode esquecer essa história! O ideal é sempre buscar uma alimentação balanceada e isso inclui esses alimentos responsáveis por suprir a energia do corpo. A melhor opção para uma dieta saudável são carboidratos não processados, que são mais nutritivos. Opte por cereais integrais, raízes e tubérculos.

4) Já experimentou proteína vegetal? A proteína é outro grupo de alimentos que não pode faltar na sua refeição. Uma boa opção para um almoço saudável é apostar em proteína vegetal, que oferece os mesmos aminoácidos e nutrientes das carnes, mas sem gorduras e colesterol prejudiciais à saúde. Experimente comer proteínas como grão de bico, feijão, lentilha, soja, quinoa, entre outras.

5) Tempero não pode faltar O tempero é o segredo do sucesso de qualquer prato. Não se restrinja apenas ao sal e pimenta. Experimente diferentes opções e combinações, tanto ervas frescas como temperos desidratados. Não deixe de provar alecrim, coentro, gengibre, louro, nós moscada, manjericã o e diferentes tipos de pimenta.

Bolo de alfarroba recheado com nutella de alfarroba acompanhado de sorvete de morango a base de soja. (Foto: Rituaali/André Maceira)

Foto: Rituaali/André Maceira

6) Hora da sobremesa! Bolo de alfarroba recheado com nutella de alfarroba acompanhado de sorvete de morango a base de soja. Pode comer sobremesa num almoço saudável? Pode sim! Opte sempre por receitas com frutas como base, como doce de maçã ou smoothie de frutas vermelhas e também as com pouca ou nenhuma adição de açúcar.  Ah, e se você acha que não dá para viver sem o chocolate, que tal experimentar a alfarroba? Esse fruto da alfarrobeira, uma árvore típica do Mediterrâneo, tem sido preterido por muitas pessoas que buscam um substituto do chocolate para uma alimentação mais saudável. Ela tem um gosto adocicado, cor e textura semelhante a do cacau, mas sem gordura. Ótima para fazer aquele docinho depois do almoço!

Compartilhar

Comentários